Franquias continuam em expansão no interior de São Paulo

Franquias continuam em expansão no interior de São Paulo

Franquias continuam em expansão no interior de São Paulo

Um levantamento aponta que, na comparação entre os primeiros semestres de 2017 e 2018, o movimento de interiorização das franquias pelo Estado se manteve

Confirmando a tendência de interiorização de franquias no estado de São Paulo, a ABF (associação brasileira de franchising) realizou pesquisa que indicou expansão de franquias – em número e variedade – no interior do Estado de São Paulo. O levantamento aponta que, na comparação entre os primeiros semestres de 2017 e 2018, o movimento de interiorização das franquias pelo Estado se manteve, tanto quanto à abertura de unidades como em relação à chegada das redes nos diversos municípios paulistas.

De acordo com a pesquisa, o setor 10,6% na comparação com o ano anterior, quando somou R$ 58,813 bilhões. Em termos de expansão de unidades de franquias, o crescimento foi de 6%. O crescimento da variedade de marcas aumentou 10% no mesmo período. A cidade com maior crescimento em número de unidades de franquias foi Presidente Prudente, com variação de 13%, registrando 237 operações no período analisado. Em segundo lugar destacam-se São José do Rio Preto, com 602 unidades, e Jundiaí, com 507, ambas com 12% de crescimento. Piracicaba (377 unidades), Mogi das Cruzes (282) e Taubaté (249) ocupam a terceira posição, com variação de 11%. Ainda na casa de dois dígitos de crescimento, destacam-se em quarto lugar a litorânea Santos (518) e Indaiatuba (241), com 10%.

Quanto à evolução no número de marcas que operam nos municípios, a cidade de Taubaté lidera o ranking de maior variação. O município do Vale do Paraíba registrou 19% de crescimento nesse aspecto. Na comparação entre o primeiro semestre de 2017 e igual período deste ano, Taubaté teve um salto de 146 para 174 redes em franquias com presença local. A cidade ficou à frente de São José do Rio Preto, com 284 marcas (16% a mais) e de São Paulo, com 813 redes (14%).

Segundo Altino Cristofoletti Junior, presidente da ABF, o interior paulista tem se mostrado um terreno muito fértil para o franchising brasileiro. “Com uma economia diversificada, empreendedores locais e o desejo dos consumidores por produtos e serviços o interior paulista reúne as condições para o desenvolvimento tanto de redes franqueadoras, como de franqueados”.

Fonte: Istoé Dinheiro