Você é empreendedor? Autoavaliação profissional

Você é empreendedor? Auto avaliação profissional

Você é empreendedor? Auto avaliação profissional

Muita gente bem colocada profissionalmente não está disposta a abandonar o conforto de uma carreira para arriscar-se em atividades que podem demorar muito para dar lucro e, de início, exigem um bocado de trabalho: atender, comprar, vender, locar, entregar, registrar, controlar e planejar.

Outros gostam da rotina de um emprego, dos horários certos, do salário garantido no fim do mês, de 30 dias de férias pelo menos uma vez por ano.

Essas pessoas não têm muita disposição para assumir os riscos e as turbulências de um negócio próprio.

Quem está pensando em se lançar nos negócios da franquia, deve considerar isso com atenção. Mesmo com as facilidades oferecidas pela franchising, ser empresário é a resultante de uma soma de qualidades pessoais. Algumas delas já nascem com a pessoa, outras são adquiridas. Todas podem e devem ser aperfeiçoadas ao longo da vida profissional. Mas a maioria delas é indispensável para quem quer se aventurar no mundo dos negócios.

Para avaliar seu preparo, faça um teste. Veja como você se coloca diante de cada um dos desafios listados a seguir.

1. Assumir riscos

É a qualidade mais importante do verdadeiro empreendedor. O empreendedor, por definição, tem que assumir riscos. Seu sucesso depende de sua capacidade de conviver com o risco e sobreviver a ele. Os riscos fazem parte de qualquer atividade humana e é preciso aprender a administrá-los

Saiba arriscar conscientemente. Isso significa ter coragem para enfrentar desafios, ousar a execução de um empreendimento novo e escolher os melhores caminhos, baseando-se naquilo que você conhece e em sua autodeterminação.

2. Aproveitar as oportunidades

O empreendedor está sempre atento e é capaz de perceber, no momento certo, as oportunidades de negócio que o mercado oferece.

Esteja constantemente alerta para identificar a variada gama de empreendimentos que se apresenta a todo o momento e em qualquer lugar. Preste atenção àquilo que os outros não viram e sobre o que você pode atuar de forma eficaz, rápida e lucrativa.

Seja curioso e atento para com as coisas que podem lhe trazer mais conhecimento, pois isso aumenta suas chances. Nunca se esqueça que a realidade está sempre oferecendo uma oportunidade ao verdadeiro empreendedor.

3. Conhecer o ramo

O conhecimento do ramo em que o empresário pretende atuar é forma primordial para o sucesso de um negócio.

Se você tem grande experiência no setor, ótimo. Se não tiver, é preciso aprender, o que pode ser feito. Quanto mais você dominar o ramo em que pretende atuar, maiores serão as suas chances de êxito.

4. Saber organizar

Um empreendedor de verdade tem senso de organização, isto é, capacidade de utilizar os recursos humanos, materiais e financeiros disponíveis de forma lógica e racional.

Quem só consegue tocar seu negócio em meio a uma permanente confusão de papéis, materiais e compromissos, não sabendo o que resolver primeiro, acaba complicando as coisas. A organização facilita o trabalho e economiza tempo e dinheiro.

5. Tomar decisões

O empreendedor deve ser capaz de tomar decisões corretas no momento exato. Esta qualidade requer muita vontade de vencer obstáculos, iniciativa para agir objetivamente e sobretudo, confiança em si mesmo.

Dominar o processo de tomada de decisões – estar bem-informado, analisar friamente a situação e avaliar as alternativas para poder escolher a solução mais adequada – é uma das principais características do empreendedor.

6. Ser líder

O empresário de sucesso, antes de mais nada, é um líder. Deve saber como definir objetivos, orientar a realização de tarefas, combinar métodos e procedimentos práticos, incentivar pessoas no rumo das metas definidas e produzir condições de relacionamento equilibrado entre a equipe de trabalho em torno do empreendimento.

Além disso, o empresário deve ter sensibilidade para poder tratar com os diferentes tipos de pessoas que com ele convivem no dia-a-dia. Dentro e fora do seu ambiente de trabalho, há que ter grande habilidade para lidar com clientes, fornecedores e profissionais, mantendo o controle e tratando os problemas com diplomacia.

Mas, atenção! Um empreendedor precisa ser ético, respeitando sua dignidade e seus princípios, o que garante sua credibilidade.

7. Ter talento

Um empreendedor de sucesso deve ter muito talento para transformar simples ideias em negócios efetivos. Assim, é necessária certa dose de inconformismo diante das atividades rotineiras. O verdadeiro empresário nunca se acomoda, mantém-se sempre dinâmico e jamais permite que a chama empreendedora que há dentro dele enfraqueça.

8. Ser independente

Diversos empresários bem-sucedidos trocaram bons empregos pelo risco de montar seu próprio negócio. Tornaram-se independentes e não apreciam qualquer tipo de tutela ou paternalismo.

O empreendedor precisa soltar as amarras e, sozinho, determinar seus próprios passos, abrir seus próprios caminhos, decidir o rumo de sua vida. Enfim, ser seu próprio patrão. Ainda que esteja trabalhando em regime de parceria.

9. Manter o otimismo

Em vez de imaginar e temer possíveis fracassos, o empreendedor enxerga, principalmente, o sucesso. Sabe usar o bom-senso para perceber a diferença entre uma ameaça real e uma situação contornável.

O empreendedor nunca deixa de ter esperança de ver seus projetos realizados, porque é bem-informado, conhece como ninguém o chão em que pisa e tem confiança em seu desempenho profissional.

10. Ter tino empresarial

O que muita gente acredita ser um sexto sentido, típico das pessoas bem-sucedidas nos negócios, é, na verdade, a combinação de todas as qualidades descritas até aqui.

O empreendedor, portanto, tem tino empresarial e sabe abrir seus próprios caminhos para o sucesso e para a materialização de seus sonhos.

AUTOAVALIAÇÃO

ESTOU PREPARADO PARA COMPRAR UMA FRANQUIA?

1. Eu estou preparado para abrir mão de minha liberdade para começar a trabalhar seguindo padrões pré-estabelecidos e normas específicas, assegurando assim as vantagens oferecidas pelo Sistema Franchising?
Sim
Não

2. Eu realmente teria habilidade para me relacionar com um franqueador, com os meus funcionários e com meus consumidores?
Sim
Não

3. Consigo identificar um ramo de atuação de negócios no qual eu me sentiria realmente feliz?
Sim
Não

4. Eu estou pronto para dedicar grande parte do meu tempo, dinheiro e energia para este novo empreendimento?
Sim
Não

5. Eu posso encarar o desafio de estar no comando do meu próprio negócio?
Sim
Não

6. Eu posso viver com a possibilidade de um insucesso?
Sim
Não

7. Minha família está a favor da minha decisão e está disposta a dar o apoio necessário?
Sim
Não

8. Minha atitude é positiva?
Sim
Não

9. Minha auto-confiança é forte?
Sim
Não

10. Tenho o desejo de ter meu próprio negócio e de torná-lo um sucesso?
Sim
Não

11. Estou preparado mental e fisicamente para tocar um negócio?
Sim
Não

12. Tenho ambição e iniciativa?
Sim
Não

13. Uma franquia atenderia meus objetivos pessoais?
Sim
Não

14. Estou preparado para investigar esta oportunidade de negócios até que esteja realmente seguro?
Sim
Não

15. O capital de que disponho para investir é suficiente para arcar com os custos de um negócio próprio sem que ponha em risco minha saúde financeira?
Sim
Não

Some o n° de SIM obtidos:
Some o n° de NÃO obtidos:

Se pelo menos 11 questões obtiveram a resposta SIM, continue avaliando a compra de uma franquia, você tem condições de encarar o desafio.

PROSPERE!!!

Você é empreendedor? Autoavaliação profissional
Votos